6 de jan de 2007

O Recomeço

Uma rua ,vocês acreditam?

OLA PESSOAL !!!



Graças a Deus não chegou água aqui, chegou à vizinha do lado e até chegou ao portão da garagem.

É muito triste ver pessoas amontoadas pelas ruas, sem rumo, olhando suas casas debaixo d'água.

Fizemos uma central de vizinhança na minha rua, colocamos mesas com café, pão e etc... E acolhemos os vizinhos para dormir.

Fora que arrombamos a janela de uma vizinha que está de férias e que nos pediu para salvar as suas mobílias.

Não sei como estou conseguindo ficar em pé.

Hoje pela manhã a água abaixou e as vidas estão quase voltando ao normal.

Agora é a hora da limpeza, arrumação e depressão, sim, porque é hora de ver o prejuízo e teve gente que perdeu tudo, mais graças a Deus está vivo para contar a história.
Vamos ver no que podemos ajudar.

Não se preocupem estamos bem, cansados, tristes, preocupados e cheios de vontade de ajudar de alguma maneira.

Enchente do Rio Paraiba do Sul



Essa é a ponte que passa sobre o Rio
Quando tirei essa foto não havia transbordado
OI PESSOAL!

Hoje eu descobri o verdadeiro sentido da palavra "ILHA", pois é assim que me sinto.

Estou cercada de água por todos os lados, meus vizinhos estão desabrigados, foi uma luta muito grande hoje para tentar amenizar o sofrimento deles, colocando um móvel aqui, uma geladeira ali, e a angustia de ter que dormir na casa dos outros e a tristeza de ver sua casa cheia d'água.

Ter que depender da boa vontade dos outros, algumas pessoas não conseguem nem pensar nisso. Querem fazer tudo sozinhas, tanto sofrimento, só para depois dizer que não precisa de ninguém.

Tem vizinhas que nem em casa estão, foram para outro lugar passar ferias e quando chegar em casa terão uma péssima surpresa.

Minha rua faz esquina com essa.

Meu quintal

Beijos (molhados).

4 de jan de 2007

E a chuva continua...

Chove por dez dias direto.
No começo era calor durante o dia e à tardinha caia uma pancada de chuva, agora chove direto, o dia todo.
São mais de mil pessoas desabrigadas, já estou mobilizando a vizinhança para um mutirão de cobertores e agasalhos.
Uma amiga de minha filha disse que nunca mais pedira para chover e refrescar acho que ela se sente responsável.
Para quem mora há 11 anos em um lugar que dificilmente chove, esses dias choveram por todos esses anos.
O pior é que o Rio Paraíba do Sul corta a minha cidade e como falam as pessoas aqui: "O rio está bebendo água."
Por vias das dúvidas, vou preparar minha bóia.
Brincadeiras a parte, vou ficar devendo minhas postagem pelo menos por esses dias.




3 de jan de 2007

Primeira Postagem de 2007



OI PESSOAL !!!

Estou morrendo de saudades, não falo com vocês desde o ano passado.

Está chovendo muito aqui, tem muitos desabrigados, estamos bem dizer ilhados, pois o centro da cidade esta com um metro d'água.

A televisão e o rádio falam nisso durante o tempo todo.

Hoje ao ouvir o rádio fiquei muito emocionada com a solidariedade daqui. Várias pessoas oferecendo casas (que estavam vazias), caminhões, móveis, comida, etc.

Existem muitas pessoas desabrigadas e muitas pessoas solidárias (me considero uma delas).

Fico pensando nas pessoas que perderam tudo, quanto sofrimento. As vezes ficam a vida toda juntando dinheiro ou pagando seus moveis, aparelhos elétricos, roupas e derrepente perdem tudo de uma vez, deve ser muito difícil e a chuva continua, implacável.

Deus ajude e ampare essa pessoas.